11888097_864521020264554_7084880711624035535_n

Ana Morais, nascida em Lisboa na década do Grunge, e mais conhecida como caga-tacos, …

Esta página podia ser assim, escrita na 3ª pessoa, como se não fosse eu a escrevê-la, só para parecer super profissional. Mas não.

A piada está em ser uma miúda simples e tola, que queria ter um blog mas acabou sempre por nunca (belo trocadilho) se conseguir focar no essencial: naturalidade.

Querer que tudo seja perfeito tem destas coisas, acabamos por não concretizar nada. Mas depois aprendemos que não há nada de errado com o imperfeito, coitado.

Mas vá, abriram esta página para cuscarem detalhes meus, portanto cusquices vos dou: o nome já vos disse, tenho 23 anos, sou finalista da licenciatura de Estudos Gerais e trabalho ao mesmo tempo – já não ter 3 meses de férias de verão é uma grande chatice.

Gosto de me envolver em vários projetos em simultâneo e acho que ainda não aprendi que as 24h do dia têm de incluir horas de reposição de energia. A minha cabecinha, embora não muito grande, anda sempre a 1000 e tropeça em si mesma. Consigo ser tudo ao mesmo tempo: calma e enérgica, distraída e atenta, emocional e racional, preguiçosa e procrastinadora – alto lá, estes não são opostos! Já lixei a lista.

Aqui quero deixar registos meus. Do que gosto ou nem tanto, do que fiz ou ficou por fazer, do que visito ou ainda quero visitar. Do que me apetecer, na verdade. E sempre com verdade.

Uma Ana por dia ninguém aguentava (nem ninguém merece), mas pretendo partilhar um pouco de mim quase todos os dias. Vá, frequentemente. Assim… de vez em quando.

umaanapordia@gmail.com